Se Obras do sistema de arco recentemente ganhou as manchetes através Granblue Fantasy:

Versus sua variante de jogo de luta da licença granblueo estúdio está longe de ser um novato tanto na esfera dos videogames quanto no campo dos jogos de luta. Fundada em 1988, Obras do sistema de arco tem sido capaz de criar suas próprias licenças, bem como BlazBlue e equipamento culpado (que retornará em 2021) do que criar jogos de outras licenças. podemos citar Dragon Ball Fighter Z que continua a ser regularmente alimentado ou Persona 4 Arena. Obras do sistema de arco até se interessou por outros gêneros, como romances visuais com Síndrome do fim do mundo ou Xblaze Lost: Memórias (que está diretamente relacionado com a licença Blazblue).

Em 2018, Arc System Works lançou BlazBlue: batalha de marca cruzada que reúne várias obras de seu catálogo em um jogo. Claro, lá encontramos Blazblue mas também Persona 4 Arena, Sob a Noite e, pela primeira vez, RWBY. O jogo teve várias edições de colecionador, todas as quais permaneceram em solo japonês. Este unboxing apresenta uma dessas versões exclusivas.

A caixa contendo todo o conteúdo é protegida por uma capa plástica cuja ilustração segue a da caixa. Cada personagem principal das licenças é representado com seu código de cores associado.

Ao abrir a caixa, encontramos o jogo, embutido na primeira camada de papelão. Uma surpresa está na segunda camada. Primeiro, descobrimos o artbook que esconde, por baixo, um conjunto de figuras em acrílico. Aqui novamente encontramos as figuras emblemáticas de cada licença: Ragna the Bloodedge (Blazblue), Yu Narukami (Persona 4 Arena), Rubi Rosa (RWBY) e Hyde (durante a noite).

Vamos começar com o artbook que contém cinquenta páginas. Abrindo o livro, as treze primeiras páginas nos apresentam os quatro personagens icônicos de cada licença e algumas páginas sobre o jogo. Batalha de tags cruzadas ele mesmo. Em seguida vem a apresentação em imagens dos personagens de cada série que está disponível no game.

Abrimos a bola com a série BlazBlue que nos mostra nada menos que dez personagens como Ragna the Bloodedge, Jin Kisaragi, Rachel Alucard ou até Noel Vermillion.

Em segundo lugar, encontramos uma licença cada vez mais conhecida na Europa, nomeadamente a Persona mas, mais precisamente, Persona 4 Arena. Apenas quatro personagens são representados com Yu Narukami, Yosuke Hanamura, Chie Satonaka e Yukiko Amagi. Ainda que o número de protagonistas seja menor que o de BlazBlue, os DLCs vão compensar essa lacuna adicionando personagens como Mitsuru Kirijo.

em terceiro vem Nascimento noturnolicença relacionada à saga Sangue Derretido/Tsukihime. Estes são a criação de Tipo Luamais conhecido do público em geral por Fate/Stay Night. O elenco reúne novamente quatro protagonistas cujo número será suportado pelo DLC, nomeadamente Hyde, Linne, Waldstein e Gordeau.

RWBY vem naturalmente depois. Web-série de animação de Monty Oum, a licença foi um grande sucesso até conhecer variações em jogos dos quais sua inclusão em BlazBlue: batalha de marca cruzada. Encontramos os quatro protagonistas principais que são Ruby Rose, Weiss Schnee, Blake Belladonna e Yang Xia Long. Os DLCs responderão para adicionar outros lutadores.

O que é interessante na apresentação das personagens de RWBY é que encontramos, junto a cada uma delas, um quadro de estudo dos movimentos em jogo, um pequeno elemento que permite apreciar o trabalho realizado por Sistema de arco que, para esta licença, teve que ser baseado na web-série onde os demais são capas de seus trabalhos antigos.

Pequena anedota interessante: originalmente não havia tantos personagens planejados para o lançamento do jogo. Isso provocou fortes reações na comunidade que lamentou que licenças como RWBY não tinha tantos personagens quanto os outros. Sistema de arco corrigiu a tomada na saída adicionando dois personagens (Blake Belladonna e Yang Xia Long) como DLC grátis.

Quatro páginas são dedicadas às arenas do jogo, uma para cada licença.

As últimas quatro páginas contêm arte conceitual sobre os movimentos dos personagens do jogo.

Agora temos as quatro figurinhas de acrílico representando os heróis (e heroínas) de cada licença.

As quatro estatuetas de acrílico são cuidadosamente embaladas em plástico com sua base em um fino bloco de acrílico. Mesmo que as figuras sejam removidas, elas podem ser colocadas de volta dentro para mantê-las protegidas. Pequenos adesivos mantêm tudo junto. Cada base assume a cor emblemática dos personagens.

Se você quiser adquirir este coletor, terá que passar por importadores. O preço varia entre os 50€ e os 90€. O jogo foi lançado em solo europeu em versão física e pode ser encontrado regularmente a preços reduzidos na Playstation Store.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *